Pular para o conteúdo principal

11.o SGESP terá mais de 30 painéis, veja a programação com detalhes

     Começou no último dia 19 de julho de 2022, e se estende até o dia 28, o 11.o SGESP - Seminário de Gestão Pública Fazendária, organizado pela ASSEFIN - Associação das Secretarias Municipais de Finanças do Estado de São Paulo. Serão 7 dias, considerando a abertura com entidades fazendárias e municipalistas que o apoiam, no dia 19, é totalmente virtual e gratuito, sempre com 3 horas de duração, das 9 às 12 horas. Veja as entidades que o apoiam e toda a programação com todos os detalhes nos links que oferecermos no fim desta matéria.

     O SGESP é notório por suas parcerias, começando pelo Conselho Regional de Contabilidade do Estado de SP, que o transmite, inclui e pontua no seu Programa de Educação Continuada - PEPC, e conta também com o setor de Contabilidade Pública da Secretaria do Tesouro Nacional, Receita Federal do Brasil, Tribunal de Contas do Estado de SP e a Oficina Municipal, com a alemã Fundação Konrad Adenauer. 

     Este ano ele contará com 31 palestras que transitam pelo tema escolhido: Excelência dos Serviços Fazendários, Por Uma Gestão Pública Voltada aos Interesses Sociais. O seminário, em todas as suas edições, sempre buscou apresentar fórmulas para o aumento da arrecadação, por meio da eficiência, sem prever aumento de tributos, e também a diminuição e adequação das despesas. O resultado é conhecido, a chance de maiores investimentos por parte dos municípios, objetivo maior de todas as administrações.

     O presidente da ASSEFIN, Adriano Luiz Leocadio, que é Secretário de Finanças de Santos, SP, sempre se manifesta pela forte programa da entidade na capacitação dos servidores públicos, principalmente de seus líderes e dirigentes, "hoje um de nossos pilares na entidade", explica Adriano.

    Ele lembra também que ainda repercute nas administrações públicas a surpresa da pandemia, "tivemos que ser ágeis na tomada de decisões, pois ocorreram fortes desequilíbrios orçamentários, principalmente na saúde", já na educação, as maiores intervenções estão se dando agora, já que houve uma lacuna no aprendizado dos alunos em geral, da rede pública também. 

    Além de aspectos de governança e transparência públicas, o Seminário vai dar forte ênfase ao trabalho digital que foi impulsionado pela pandemia, "uma verdadeira revolução", enfatizam os organizadores, que acrescentam, "até o metaverso na administração pública será mostrado". 

     A contabilidade pública, por ser o grande controle de todos os fenômenos fazendários, sempre está presente, convênios e serviços federais, que envolvem os municípios, serão detalhados, os controles internos, externos e sociais também nunca deixam de ser apresentados no evento. 

    Serão, então 31 palestras, nominadas, mas que se desdobram em dezenas de outros subtemas que detalhamos em cada dia destacados abaixo.   

Clique nos links abaixo e conheça todos os palestrantes do 11.o SGESP.

1Adriano Pereira Subirá
2Bárbara Krystall
3Bernardo Giori Ambrósio
4Caio Amaral
5Cely Morgado Amoroso
6Chrystiane Mariz Maia Pessoa Vicente
7Eder Brito
8Fábio Correa Xavier
9Flávia Teixeira
10Flávio Martins Alves
11Gabriela Leopoldina Abreu
12Gioia Matilde Alba Tumbiolo Tosi
13Giovanna Victer
14Guilherme Melo de Freitas
15Gustavo Jubé
16José Carlos Nogueira Júnior
17José Mario Brasiliense Carneiro
18Leandro Moreira Souto
19Luiz Fernando Nóbrega
20Magda Wajcberg 
21Osvaldo Américo Felippe de Carvalho
22Paulo Massaru Uesugi Sugiura
23Paulo Roberto Galvão
24Raphaella Burti
25Renato Pucci
26Sérgio Ciquera Rossi
27Sizenando Ferreira de Oliveira
28Thays de Brito Penido
Painéis de abertura dia 19/7 - Para assistir clique nos nomes:
Ricardo Almeida  
 


Veja abaixo os temas que serão apresentados nos painéis do 11.o SGESP - ok links das páginas estão no nome.

#Administração Pública: da internet ao metaverso
#Atendimento proativo Receita Federal
#Atendimento Virtual da Receita Federal (PAV) 
#Automatização do ITBI
#Câmaras Técnicas de Educação em consórcios intermunicipais
#Câmaras Técnicas Tributárias em consórcios
#CNPJ
#Compliance no setor público
#Consórcios Municipais
#Contabilidade Digital
#Controle Interno
#controle social app do TCESP
#Controle Social como contribuição à Gestão Pública
#Cooperação Técnica no SPED
#Decreto n 10.540/20
#Escrituração Contábil Digital no SPED
#Governança no setor público
#Inscrição de Consórcios Municipais no CNPJ 
#IPC 14 – RPPS
#IPTU sobre imóveis da União e Estados
#IRRF retido pelos municípios
#ISSQN sobre UBER, AIRBNB e apostas on line
#ITR - Convênio municípios União
#LGPD 
#NFS-e – Nota Fiscal de Serviços eletrônica
#Nota Fiscal de Serviços eletrônica
#Nota Fiscal de Serviços eletrônica (tributaristas)
#Nova Lei de Licitação
#Os desafios presentes nas Administrações Tributárias
#Otimização da Administração Pública através da integração dos Entes Federados
#Parceria prefeituras e empresas pela Valorização da Educação: 
#PAV
#Qualidade da Informação Contábil 
#Ranking da Qualidade da Informação Contábil
#Redesim
#Revolução Digital no Serviço Público
#SIAFIC - CCONF - STN
#SIAFIC - TCESP
#Siconfi
#Sped 
#TCE - controle tribunal
#tecnologia na Administração Pública, 


Ficha técnica:

Dias 19 a 28/7/2022 - das 9 às 12 horas, virtual e gratuito.

Site do evento: https://www.sgesp.com.br/

Inscrições: para certificados

Detalhes dos painéis diários: Blog com últimas notícias

Link para assistir no Youtube

Link para assistir e pontuar EPC no CRC-SP

Detalhes da pontuação EPC aqui.

Veja o destaque dado pela Associação Paulista de Municípios APM

Detalhes em todos os dias:

(link para ver a notícia de cada dia esta na data e como assistir também)

19/07  Abertura com dirigentes fazendários e autoridades municipalistas

20/07  ​​​​​​A Contabilidade Aplicada ao Setor Público em frequente evolução

21/07  Receita Federal do Brasil - Colaboração e intercâmbio com os municípios

22/07 – Tribunal de Contas de SP - Controle - Auditoria - Transparência

26/07 – Oficina Municipal - A força da cooperação regional na gestão pública

27/07 – O Controle Social e o cidadão

28/07 – A revolução digital no serviço público

Fale conosco (*)assefinsp@gmail.com 
(*) Envie por aqui suas sugestões, dúvidas e, principalmente, perguntas antecipadamente, no dia elas serão respondidas

WhatsApp  16999623-2133

 

Comentários

  1. Vai ser excelente como todos os anos. Parabéns! Um forte abraço em todos.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

11o SGESP - 20/7 - Contabilidade Pública terá SIAFIC, SICONFI e RPPS

Contabilidade Aplicada ao Setor Público  Nada evolui tanto na gestão pública como a área contábil, e nós sempre acompanhamos essas transformações. Entre tantos temas, certamente a fusão que será feita pelo SIAFIC estará em pauta  Breafing           A transparência pública, que tem como pilar o controle social, ou seja, o interesse do cidadão, tema central do seminário , será um dos temas amanhã do 11.o SGESP. Para isso a Secretaria do Tesouro criou um Ranking da Qualidade da Informação Contábil na transparência da gestão fiscal. Este tema - a transparência dos dados públicos, - voltará a ser discutido ao longo dos próximos 6 dias das palestras.            O painel será desenvolvido por  Leandro Moreira Souto,  Auditor Federal de Finanças e Controle da Secretaria do Tesouro Nacional, que é Coordenador de Transparência e Análise de Dados da Federação, da STN. SIAFIC      Leandro falará também sobre o Decreto 10.540 de 20020, que regula o  Sistema Único e Integrado de Execução Orçamentári

11o SGESP - 19/7 - Abertura

Abertura com autoridades e entidades municipalistas    O tema do SGESP este ano é Excelência dos Serviços Fazendários – Por uma gestão pública voltada aos interesses sociais.     Os procedimentos para o atendimento ao cidadão foram muito modificados pela pandemia, principalmente nas áreas fazendárias, da educação e da saúde. Na saúde a explosão do atendimento na pandemia, a educação abriu um hiato de 2 anos para nossas crianças, e, na área fazendária, muitos mecanismos novos surgiram, o principal foi a interrupção do atendimento presencial.     Essa interrupção afeta ao contribuinte e ao seu maior representante na área tributária, o contador, é este profissional e suas profissões derivadas que não só escrituram todos os fenômenos, como também o representa cidadãos e empresas nas repartições. Agora cabe estudarmos e nos adaptarmos ao que teve de bom no crescimento do atendimento online, mas não inibirmos o atendimento presencial, quando necessário.   Por outro lado, o cidadão, que teve