Pular para o conteúdo principal

Contabilidade: STN divulga ranking municipal de atendimento ao SICONFI





Café da Manhã discutirá o sistema

        A ASSEFIN - através de seu Grupo de Contabilidade Pública marcou para o dia 11/12 - às 8h30 um Café da Manhã com Renato Pucci, Coordenador-Geral do setor de contabilidade pública da Secretaria do Tesouro Nacional.

        O objetivo será de entender melhor o sistema de ranqueamento dos municípios para que cada um possa perseguir um lugar melhor e as perguntas deverão ser enviadas antecipadamente, já que deverá ser um evento bem rápido.

Faça a sua inscrição


O ranking dos municípios no SICONFI

        A Secretaria do Tesouro Nacional recepciona dos entes da Federação dados fiscais e contábeis para formar o Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro, o Siconfi. Até agora apenas os estados vinham sendo avaliados na presteza e qualidade dessas informações medidas, mas chegou a vez dos municípios.

        Foi publicado hoje, nesse sentido, um ranking da performance dessas informações de todos os municípios brasileiros, a cidade de Águas Frias - SC foi a que teve o melhor desempenho.

        Segundo Renato Pucci, coordenador-geral de Normas de Contabilidade Aplicadas à Federação, os contadores de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul "costumam ter uma boa visão desse processo", ele diz que a avaliação "foi muito positiva" e que a reação dos contadores que entraram em contato com a CCONF foi no sentido de melhorar a apresentação das suas informações. "Esse é o objetivo", conclui Renato.      

        Para a apuração desse ranking é avaliada a gestão da informação, que mede se todas as declarações foram enviadas dentro do prazo, sem retificações; na parte contábil se o município se adequou ao previsto no Manual da Contabilidade Aplicada ao Setor Público e se os demonstrativos estão consistentes; na fiscal é importante que siga as regras do Manual de Demonstrativos Fiscais (MDF) e, por fim, há o cruzamento dessas informações.

Águas Frias - SC é a melhor avaliada.

        E foi perseguindo este critério que o setor de contabilidade da prefeitura de cidade de Águas Frias, em Santa Catarina foi a melhor avaliada com 247,7 pontos.

        O contador do município, Dirceu Cassol (foto), disse à ASSEFIN ontem que realmente está muito feliz de ser o campeão nesta etapa. "Eu sempre acompanhei o ranking e nos vimos bem avaliados, mas realmente estou muito surpreso com 1.o lugar de todo o Brasil". Dirceu tem 48 anos, está na prefeitura desde 2001, e, além de ser graduado em contabilidade, é pós graduado na área pública. 

        Águas Frias, município do oeste catarinense com 2.354 habitantes, está a 600 km de Florianópolis é conhecida como Capital do Abraço, recebeu esse nome pelas fontes cristalinas que existem nas matas que a cercam, logicamente águas bem fresquinhas.


Acesse aos dados informados pela Secretaria do Tesouro e veja a classificação que seu município obteve -->  ranking

Página oficial da STN - ranking

Veja o que a STN disse sobre o ranking -->  aqui     

CNM faz sugestões para o sistema --> aqui     






 


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

SIAFIC - Comitê Gestor: Sistema Único é um software!

Aponte ^ a câmera do seu celular no  QR Code  (ou clique na figura) e participe! Como participar do Café da Manhã: 1. Para receber certificado: Inscrição 2. Para assistir: Youtube  - Facebook SIAFIC: Comitê Gestor firma entendimento de Sistema Único: ele é um software !         Desde o ano 2000, com a edição da Lei de Responsabilidade Fiscal (LC 101/2000) existe uma palavra de ordem para os entes da Federação:  transparência  nas informações! O fundamento principal é a " liberação ao pleno conhecimento e acompanhamento da sociedade, em tempo real, de informações pormenorizadas sobre a execução orçamentária e financeira, em meios eletrônicos de acesso público".         Em 2009 aparece um conceito complementar à transparência dos gastos públicos para os entes da Federação, o de que também devem incentivar audiências públicas, o da adoção de um  sistema integrado  e que tenha um  padrão mínimo de qualidade .            Desta forma, foi editado o Decreto n.o 7.186 de 27/5/2010, o

10.o SGESP - 20/7 - Abertura

         A abertura do 10.o SGESP ocorreu n o dia 20/7/2021, às 9 horas, com a presença de titulares de  entidades municipalistas e fazendárias.            Este ano o tema do seminário foi A Gestão Fazendária na Era Digital, assunto que não se esgotará tão cedo tendo em vista o estágio de nossos municípios, principalmente tendo enfrentado uma enorme crise na saúde, que ainda não se findou.          Todos os que participaram foram unânimes, a Era Digital já está aí, será o fim do papel, das filas em guichês e o avanço da inteligência artificial, ajudando os contribuintes, os cidadãos, mas, principalmente os servidores públicos que, ao invés de executarem seus serviços de forma automática, passarão a atuar na ciência e modernização de suas funções, sem perder a humanização.          Estamos longe? Pode ser, mas não podemos ignorar - o digital já chegou!          Especificamente na abertura, como ocorre t radicionalmente nos nossos eventos, os convidados da ASSEFIN apresentaram também as

GESTÃO FINANCEIRA DE PREFEITURAS E CÂMARAS MUNICIPAIS - TCESP

  GESTÃO FINANCEIRA DE PREFEITURAS E CÂMARAS MUNICIPAIS 2021 1 CONSELHEIROS EDGARD CAMARGO RODRIGUES Presidente CRISTIANA DE CASTRO MORAES Vice-Presidente DIMAS RAMALHO Corregedor ANTONIO ROQUE CITADINI RENATO MARTINS COSTA ROBSON MARINHO SIDNEY ESTANISLAU BERALDO 2 SUPERVISÃO Sérgio Ciquera Rossi Secretário-Diretor Geral COORDENAÇÃO Paulo Massaru Uesugi Sugiura Diretor Técnico de Departamento – DSF-I Alexandre Teixeira Carsola Diretor Técnico de Departamento – DSF – II ELABORAÇÃO Agnon Ribeiro de Lima Cibele de Lima Zanin Martinusso Marco Francisco da Silva Paes Mauro Guimarães Coam